Noite de quinta-feira, Porto Alegre recebeu pela segunda vez os ingleses do McFly. Em mais uma produção da Hits Entretenimento, o público adolescente de Porto Alegre teve a oportunidade de conferir uma apresentação memorável de uma das mais importantes e populares bandas do estilo.

Minutos após o previsto as luzes apagaram-se para a chegada de Danny Jones (guitarra e vocal), Tom Fletcher (guitarra e vocal), Dougie Poynter (baixo e vocal) e Harry Judd (bateria). Gritos estrondosos e uma belíssima chuva de balões serviram para receber os garotos, que começaram a noite mostrando canções de seu último álbum de estúdio, “Above the Noise”, de 2010. Apesar de marcar uma sensível alteração de estilo na carreira do McFly, o álbum foi bem recebido e os fãs que compareceram conheciam as letras de “Party Girl”, “Nowhere Left To Run”, “If U C Kate” e “That’s The Truth”. Como é característica do Teatro do Bourbon Country, o som estava perfeito, sendo possível apreciar todos os arranjos com muita clareza. No entanto, é preciso chamar a atenção para o aspecto visual: a luz da turnê “Above The Noise” realmente torna o show do McFly ainda mais impressionante.

Dentro do que se imaginava, foram os grandes sucessos que responderam pelos momentos mais marcantes das duas horas e quinze minutos em que o McFly deu tudo de si no palco. “Lies” arrancou uma carinhosa histeria do público, predominantemente, feminino. “Falling in Love” ficou ainda mais bonita com os diversos cartazes com a inscrição “OH” que foram erguidos nos momentos oportunos, acompanhando a característica vocalização.  A fortíssima “Corrupted” foi executada com uma energia invejável e a divertida “5 Colours in Her Hair” também agradou em cheio.

Quando tudo parecia terminado, a banda surpreende com um retorno não previsto: Gratos pela devoção do público, a banda prometeu retornar e em seguida mandou a belíssima “Too Close For Comfort”.

A apresentação do McFly em Porto Alegre foi bem diferente daquela de 2009. O que se viu foi uma banda mais madura e mais evoluída. A experiência adicionou ao talento do McFly uma segurança e uma personalidade muito maiores do que a banda apresentava anteriormente. A guinada no estilo musical não é algo estritamente mercadológico. Eles estão crescendo e não são mais os garotos que lançaram “5 Colours in Her Hair”, mas sim uma banda que não fica devendo nada aos grandes de seu estilo. O tempo dirá se o McFly irá se firmar em seu novo caminho, mas uma coisa é certa: talento para isso, não falta.

Que venha o próximo!

Marcel Bittencourt especial para Hits Entretenimento
Editor do POA Show

Baixe o aplicativo do Clube! fique por dentro das novidades, sorteios, descontos e agenda de shows
Google Play
App Store
Telefone