Um público descolado com mais de 35 anos, sedento por reviver as baladinhas dos anos 80, recebeu o que buscou.

A energia ainda contagiante da balada melodiosa pop do Erasure, não é mais novidade e também não é tão provocador o estilo "gay" do vocalista Andy Bell. Se pode dizer que é heritage com uma pitada decadente ou mesmo retrô, mas que não perdeu a graça e o divertimento, fez o público dançar muito e ainda lembrar das fáceis letras.

A qualidade técnica foi bacana. A luz, o som e a organização estavam de primeira. Tudo na maior paz, muita gente animada, tranqüila e feliz.

Izabella Branco especial para Hits Entretenimento
Consultora de moda

Baixe o aplicativo do Clube! fique por dentro das novidades, sorteios, descontos e agenda de shows
Google Play
App Store
Telefone