Nov
14
2012
VENDAS
ENCERRADAS

KISS

KISS – “Monster Tour”
Dia 14 de novembro, às 21h, no Gigantinho - Porto Alegre/RS


Hits Entretenimento realiza show histórico do KISS em Porto Alegre

Mais de três anos após sua última passagem pelo país, o KISS está de volta com a nova turnê mundial para alegria dos milhares de fãs brasileiros. Com mais de 90 milhões de discos vendidos, a lendária banda cujo sucesso ultrapassa gerações – e que separou definitivamente a história do rock mundial em “antes e depois do KISS” – traz para o Brasil a turnê “Monster”. Tudo começa no dia 14 de novembro, no Gigantinho, em Porto Alegre. Da Capital gaucha o grupo segue: no dia 17 no Anhembi, em São Paulo – dentro do projeto Live Music Rocks – e no dia 18 na HSBC Arena, no Rio de Janeiro.

Desde o estouro da banda no cenário musical na década de 70, o KISS criou uma nova experiência em cena, misturando rock de primeira com pirotecnia, iluminação e ambientação cênicas excepcionais e as indefectíveis maquiagens e figurinos que se transformaram em marcas registradas – tudo isso deu a eles a reputação de criar alguns dos melhores shows ao vivo da história da música mundial. Não é diferente com a “Monster Tour”, show no qual os fãs vão encontrar as canções do novo e aclamado álbum ao lado dos eternos clássicos do grupo.

A devoção que a banda provoca nos fãs é única: “KISS ARMY” é um dos maiores fã-clubes do planeta. Paul Stanley, Gene Simmons, Tommy Thayer e Eric Singer são o KISS e já avisaram que estão prontos para balançar o Brasil!

 

KISS, uma biografia

A história da banda tem início em 1972, quando Simmons e Stanley formaram a banda Wicked Lester, em Nova Iorque. Peter Criss se juntou à dupla e nessa época já começava a experimentação com o visual da banda. Mas foi com a entrada de Ace Frehley, através de uma audição, que a banda mudou o nome para KISS.

O primeiro disco, “KISS” (Casablanca Records), foi lançado em 1974 e vendeu 75 mil cópias. Os dois álbuns seguintes – ‘Hotter Than Hell’ e ‘Dressed to Kill’ – não conseguiram vendas expressivas, mas o grupo começava a ganhar notoriedade por seus shows performáticos em que Gene cuspia fogo, a guitarra de Ace se incendiava, a bateria de Peter era elevada alguns metros do chão e Stanley quebrava sua guitarra no palco. A reviravolta veio justamente com um álbum ao vivo, ‘Alive I’, que rapidamente conquistou Disco de Ouro. Cada um encarnava um personagem diferente, com maquiagem e figurino próprios: Gene Simmons era ‘The Demon’; Paul Stanley, ‘The Starchild’; Ace Frehley se tornou ‘The Spaceman’ e Peter Criss, ‘The Catman’.

O trabalho seguinte, ‘Destroyer’, emplacou o hit ‘Beth’ no sétimo lugar das paradas, assim como os discos seguintes – ‘Rock and Roll Over’, ‘Love Gun’ e ‘Alive II’ – tiveram vendagens expressivas. Em 1977, o instituto de pesquisas Gallup apontava a banda como a mais popular da América. Do outro lado do mundo não era diferente: um show no Budokan Hall, no Japão, teve cinco apresentações esgotadas, quebrando o recorde anterior que pertencia aos Beatles, com quatro noites lotadas. Nesta época a venda de produtos licenciados, em lojas ou durante as turnês, rendeu ao grupo 100 milhões de dólares em todo o mundo, entre 1977 e 1979.

Em 1978, lançaram um ambicioso projeto composto por quatro álbuns-solo de cada um dos integrantes da banda, marcados por estilos diversos e a participação de outros artistas, e fizeram um filme produzido pela Hanna-Barbera e exibido na NBC com o título de ‘Kiss Meets the Phantom of the Park’. Apesar de ter alcançado uma das maiores audiências do ano, o resultado final desagradou à banda.

Logo depois do lançamento de ‘Dinasty’, as diferenças entre os membros da banda começaram a se tornar flagrantes e, em 1980, Eric Carr entra no lugar de Peter Criss. Para ele foi criado o personagem ‘The Fox’. Em 1982 foi a vez de Ace Frehley sair, descontente com a direção musical do grupo, sendo substituído por Vinnie Vincent, que passou a ser o ‘Ankh Warrior’.

Com o álbum ‘Lick it Up’, o grupo surpreendeu os fãs ao retirar a maquiagem e os figurinos. Pouco depois, Vinnie deixa o grupo, também por conta de diferenças com a dupla Simmons/Stanley. Em seu lugar, entra o guitarrista Mark St. John, que participa do álbum ‘Animalize’, de 1984, mas sai pouco tempo depois com problemas de artrite. Bruce Kulick entra em seu lugar e integra a formação mais estável da banda desde a original. ‘Asylum’ e ‘Crazy Nights’, ambos Disco de Platina, e ainda ‘Hot in the Shade’, mantêm o grupo em boas posições nas paradas. Em 1991, Eric Carr morre aos 41 anos depois de lutar sem sucesso contra o câncer. Em seu lugar entra Eric Singer. Seguem-se os álbuns ‘Revenge’ (1992) e ‘Alive III’ (1993). No ano seguinte, o grupo ganha uma homenagem através do disco ‘Kiss My Ass: Classic Kiss Regrooved’, uma compilação de músicas do grupo gravadas por nomes como Lenny Kravitz (com Stevie Wonder na harmônica), Garth Brooks, Mighty Mighty Bosstones, Lemonheads e Anthrax, entre outros.

Em 1995 gravam o ‘Unplugged’ da MTV e convidam antigos colaboradores como Peter Criss e Ace Frehley. Um ano depois causam comoção na plateia do Grammy ao surgirem novamente com seus respectivos figurinos e maquiagens e com a formação original. Dois meses depois anunciam uma grande turnê mundial. A expectativa em ver novamente os quatro membros originais do grupo faz com que os 40 mil ingressos do primeiro show se esgotem em 47 minutos. Foram ao todo 192 apresentações durante onze meses. Dois anos depois, o grupo grava ‘Psycho Circus’, cuja turnê – que passou pelo Brasil – foi a primeira a incorporar efeitos visuais em 3D em um palco. Em 2001, Criss deixa o grupo novamente e Eric Singer volta ao posto, assumindo o personagem ‘Catman’, criando controvérsia entre os fãs. Em 2002, tocam na cerimônia de encerramento das Olimpíadas de Inverno, em Salt Lake City, Utah, marcando a última apresentação de Ace Frehley com o Kiss, substituído por Tommy Thayer.

Em 2008 e 2009 rodaram o mundo com a turnê Kiss Alive / 35, que passou pelo Brasil, sendo vista no Rio e em São Paulo. Em outubro o álbum “Sonic Boom” foi lançado, e logo em seguida a banda iniciou turnê pela América do Norte. Este ano lançaram seu mais recente álbum, “Monster”, aclamado pela crítica como “puro KISS”.

Site: http://www.kissonline.com

 

Discografia

1974 – Kiss

1974 – Hotter Than Hell

1975 – Dressed to Kill

1975 – Alive I  (ao vivo)

1976 – Destroyer

1976 – Rock and Roll Over

1977 – Love Gun

1977 – Alive II (ao vivo)

1979 – Dinasty

1980 – Unmasked

1981 – Music from ‘The Elder’

1982 – Creatures of the Night

1983 – Lick it Up

1984 – Animalize

1985 – Asylum

1987 – Crazy Nights

1989 – Hot in the Shade

1992 – Revenge

1993 – Alive III (ao vivo)

1996 – Kiss Unplugged (ao vivo)

1996 – You Wanted the Best, You Got the Best! (ao vivo)

1997 – Carnival of Souls: The Final Sessions

1998 – Psycho Circus

2003 – Kiss Symphony: Alive IV (ao vivo)

2004 – Kiss Instant Live! (ao vivo)

2008 – Kiss Alive 35 (ao vivo)

2009 – Sonic Boom

2012 – Monster

Ingressos de Meia-Entrada:
Para benefício de Meia-entrada é necessário apresentação dos documentos abaixo descritos:

✔ Estudantes dos Ensinos Infantil, Fundamental, Médio, Técnico, Graduação e Pós Graduação.
Comprovação: Apresentação da CIE (Carteira de Identificação Estudantil) no momento da aquisição do ingresso e na entrada do local de realização do evento. As CIEs aceitas são as expedidas pelas instituições: Associação Nacional de Pós-Graduandos - ANPG; União Nacional dos Estudantes - UNE; União Brasileira dos Estudantes Secundaristas - Ubes; Diretórios Centrais dos Estudantes - DCE; Centros e Diretórios Acadêmicos, de nível médio e superior; Entidades estaduais e municipais filiadas a uma das entidades mencionadas. Mais informações no site www.documentodoestudante.com.br.

As CIEs devem conter: Nome completo e data de nascimento do estudante; foto recente do estudante; nome da instituição de ensino; grau de escolaridade; data de validade até o dia 31 de março do ano subsequente ao de sua expedição.

✔ Pessoas com idade igual ou superior a 60 anos
Comprovação: Apresentação de documento oficial com foto.

✔ Pessoas com Necessidades Especiais (PNE) e Acompanhante.
Comprovação: Para o PNE, apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da pessoa com deficiência ou de documento emitido pelo INSS que ateste a aposentadoria. Para o Acompanhante: Apresentação de declaração de necessidade de acompanhante que pode ser feita pela própria pessoa PNE ou do Acompanhante + apresentação de documento oficial com foto no momento da aquisição do ingresso e na entrada do local de realização do evento.

✔ Jovens de baixa renda com idade entre 15 e 29 anos inscritos no CadÚnico.
Comprovação: Apresentação da carteirinha da Identidade Jovem acompanhada de documento de identificação com foto no momento da aquisição do ingresso e na entrada do local de realização do evento. Para mais informações, clique aqui.

Não será permitida a entrada no Evento em caso de apresentação de documentação falsa ou insuficiente para comprovação do direito ao desconto de meia entrada;

Serviços e acomodações oferecidos em combinação aos ingressos comprados, não estão sujeito aos regulamentos da meia-entrada.

Valor dos Ingressos

Arquibancada: R$ 190,00 Pista: R$ 230,00 (Esgotado) Cadeiras: R$ 320,00 Budzone (Pista Premium): R$ 420,00 Pré-venda exclusiva fã-clube 29/09. Venda geral ao público 30/09.

VENDAS ENCERRADAS

Pontos de Venda

Multisom - Shopping Iguatemi (Loja 102). Horário de atendimento: Diariamente das 12h às 21h. *Somente em dinheiro Multisom – Rua dos Andradas, 1001 – Centro Horário de atendimento: De segunda à sexta-feira, das 11h às 19h. Sábado das 9h às 17h *Somente em dinheiro

Descontos

Clube do Assinante: Desconto de 50% para os 200 primeiros titulares do Cartão do Clube Assinante ZH e para os demais 10% para titular e acompanhante.(Exceto setor Budzone) **Apenas o titular do cartão pode ir ao local efetuar a compra. Idosos: desconto de 50%, mediante a apresentação de documentos. Estudantes: desconto de 20% sobre o valor do ingresso *Ingressos comercializados com desconto mediante a apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário tanto no momento da compra quanto na entrada do evento.

Censura

14 anos. 12 e 13 anos acompanhados dos responsáveis. Não será permitida a entrada de menores de 12 anos.
Baixe o aplicativo do Clube! fique por dentro das novidades, sorteios, descontos e agenda de shows
Google Play
App Store
Telefone